segunda-feira, 28 de maio de 2007

Por que tenho tanto medo?

Quase todos os medos se relacionam ao medo primordial de negação da vida, ou medo da morte, que é o resultado do abandono. Morte, medo, abandono e rejeição são manifestações de vulnerabilidade ou descontrole. temos medo do que não podemos controlar. O medo é quase sempre sinônimo de insegurança. O medo é semelhante à dor - faz parte da vida. O medo do medo, no entanto , pode resultar na negação da vida, ou seja, uma vida sem riscos, sem descobertas, sem desafios nem crescimento espiritual. Assim, o medo de sentir medo pode produzir exatamente os resultados que tentávamos evitar. A coragem não pode ser definida como falta de medo. Ao invés disso, ter coragem significa agir apesar do medo. Se sentirmos medo e mesmo assim agirmos, seremos heróis. Paradoxalmente, quanto mais agirmos apesar do medo, menos medo sentiremos. E quanto menos agirmos por causa do medo, mais poder ele terá sobre nós.