segunda-feira, 28 de maio de 2007

A Felicidade existe?

Alguém, talvez achando que eu seja capaz de responder à indagação de que "A Felicidade Existe?", colocou-me numa situação complexa, relativa, que exige talvez muitos referenciais para que eu possa respondê-la. Aliás, ultimamente tenho falado de coisas, situações, sentimentos e emoções que apesar do esforço, dada às suas complexibilidades, fica muito dificil fugir de nós mesmos para se falar dentro de uma situação e/ou visão generalizada. Tendo esse posicionamento até que me arrisco a palpitar quando falo num contexto geral, e terei minhas certezas, quando for pra falar de mim. Portanto, antecipadamente perdoem-me aqueles que discordarem do que penso. A Felicidade de uma forma geral é nossa eterna busca, e nós não sabemos encontrá-la por que na verdade não sabemos definí-la. Se formamos o conceito correto do que seria ser feliz estaríamos mais próximo de conhecê-la. Não há prova maior da existência da felicidade do que a própria indagação... A nossa sede de encontrá-la é que na maioria das vezes a distancía de nós. Seremos felizes sim, mas não na ânsia incessante de encontrar essa felicidade na esquina, na TV, na cama etc; pois pra sermos felizes temos que ser mansos, serenos, lúcidos, capazes de perdoarmos e principalmente amarmos a nós mesmos. Será quando desenvolvermos esses pré requisitos que teremos encontrado a felicidade. Então, penso que encontramos a felicidade assim que paramos de procurá-la. Assim que trocamos o tempo da procura pela arte e grandeza de colocarmos em prática tudo de bom que nos foi dado por aquele que anseia também em nos ver como sonhamos: FELIZES. Não temamos, nascemos para vivermos em abundância, e nesta vida temos todas as ferramentas para construirmos um hoje melhor, um amanhã feliz...Não percamos tempo procurando a felicidade, ela não estar onde imaginamos, ela reside onde nem pensamos em procurá-la. A Felicidade está dentro de cada um de nós...