quarta-feira, 12 de julho de 2017

Trem da fantasia

Agradeço a Deus, pela capacidade dada a mim, onde consigo sem muito esforço viajar pra onde eu me sinta confortável, quase feliz. O meu trem da fantasia é muito bonito, tem muitos vagões e caberiam mais pessoas do que as que transporta hoje. Viajar sozinho é chato. Mas nas nossas fantasias, somos sempre o condutor. Obrigado por esse vídeo. Sem burocracia, sem passaporte, sem documentos, pude por um momento passear por Veneza, que mesmo cantada triste, o lenço não nos faz falta. As lágrimas nascidas na fantasia, são de rara beleza. Nem por ironia, inundaria Veneza.