quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Julgamento não aceitação de si mesmo

O julgamento nasce de nós não aceitarmos o nosso próprio processo de desenvolvimento e do outro. Quando julgamos a nossa atitude e a do outro, não estamos percebendo que naquele momento talvez seja o único recurso que temos. Na medida que o amadurecimento ocorre começamos a somar outros recursos, e ter possibilidades de agir diferente. Nesse processo não nos damos conta que nem todos estão na mesma etapa de desenvolvimento, esquecendo que muitas vezes até fizemos pior. O desenvolvimento também não garante que em determinada situações ainda poderemos fazer pior ou melhor. A falta de compreensão da motivação e das circunstâncias, faz com que não aceitemos as nossas ações. O julgamento não propicia o amadurecimento, pois ele não permite a compreensão da situação, a aceitação daquele momento e a possibilidade de mudança de atitudes. O julgamento se limita ao aspecto de ser certo ou errado, bom ou ruim, só considerando uma parte do todo. Para somarmos recursos devemos seguir o processo de auto conhecimento e de aceitação de si mesmo para transformarmos nossas atitudes.