segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Nas Mãos de Deus


Pra todos nós era a Dona Lourdinha ou simplesmente Lourdinha. Serena, ética, bonita, elegante. A sua presença nos transmitia luz e paz, muita paz. Ontem vi e ouvi seu Marido, irmão e companheiro dizer: "Ela era meu contraponto", tentando nos passar o quanto ela o completava, o quanto suas "diferênças" contava positivamente pra ele. Talvez só tenha esquecido de lembrar que ele também era pra ela o contraponto que ela tanto amava e ama ainda com certeza. Contrapontos equilibrados. Fisicamente: O Sérgio: alto, andar firme elegante, é o Pai mais novo. Luciana: Doce, mansa, Loira, olhos claros. É a Mãe mais nova. Mônica, firme, meiga, pé no chão, competente, é a mistura do que os Pais tem de melhor. Robertinho: Caçula, calmo, irritado, loiro, olhos claros, firme e doce, briguento e apaziguador. Tem muito da mãe, tem muito do Pai. Roberto é o seu próprio ponto e contraponto. Agora quando sempre não é hora, lá foi pro lugar onde mora a saudade nossa querida, Lourdinha. Tenho oscilado entre melancolia, tristeza, conformismo, paz e até alegria. Pois sei, tenho convicção de que Deus a recebeu com a luz que só iluminados podem receber. E Dona Lourdinha é iluminada. Cabe a nós, pedirmos a Deus que derrame suas bençâos sobre cada um, afim de que possamos aprender cada vez mais com tudo o que nos dói tanto. Com tudo que ainda não sabemos entender. A senhora, dona Lourdinha, nos deixou uma lição, uma grande lição. Temos que nos esforçar pra tantarmos honrar tudo o que nos ensinou. Deixou pra gente, seu amigo, companheiro e irmão, que eu carinhosamente chamo de Zé. Ele saberá aceitar nossos abraços, nossa companhia, nossa mão. A Senhora é uma das pessoas mais bonitas que eu tive a oportunidade de conhecer e que Deus com sua infinita sabedoria soube buscar pra um lugar onde só os grande em espírito merecem estar. Que o nosso amor e nossas orações posssam alcançar esse jardim de paz onde sua morada é de luz e amor. Nós sabemos sermos amados pela senhora, e a senhora sabe do nosso amor também. Talvez não tão grandioso pelo fato de que pessoas assim como a Senhora não serem tão comuns. E agora não tenho mais dúvida porque Deus lhe chamou para seu exército. Que nossa união possa ser um presente diário que lhe transmita muita paz e satisfação. hacs